Você vive o que você pensa por Victor Fernandes


Todos sabemos que 2019 foi um ano difícil, cada um tem a sua história pra contar, mas eu não quero contar uma história triste. Na verdade, quero compartilhar algo muito feliz que assimilei nesse longo percurso de 365 dias.

Pra mim, o ano passado já começou meio pesado, estava muito focado nos resultados que eu queria ter (e que já não estava tendo no final de 2018) e isso gerou uma grande frustação que minava a minha energia, minha vontade de trabalhar e o prazer com o qual eu fazia as coisas. Eu me afastei dos meus objetivos maiores e vivi um ano sem propósito, apenas de olho nos resultados que não iam bem.

Não é novidade que as coisas acontecem quando você coloca energia nelas, quando você coloca trabalho, dedicação, esforço e, por que não, amor. O que fiz foi o movimento oposto, quanto menos resultado eu via, menos dedicação eu tinha, menos prazer os desafios do dia a dia me davam.

Isso é até difícil de escrever, mas, em momento algum eu parei para olhar para o meu propósito de vida (que sim, está escrito e impresso pra ficar fácil de ver), ou meus objetivos do ano, ou qualquer objetivo maior na vida que me desse prazer. Eu me rendi a um estado de escassez que se espalhou pra tudo que eu olhava. Eu queria resultados pra mim a todo custo e procurava em qualquer lugar, desesperadamente.

Ao final do ano eu estava esgotado, tão vazio de energia que até mesmo a necessidade de resultado se foi. E, acredite ou não, foi por esse esgotamento que as coisas começaram a melhorar.

O condicionamento de só querer pra mim gerou um asco tão grande em mim mesmo, que tomei a atitude oposta, não movido por um sentimento nobre, era quase birra. Estava cansado de querer pra mim e não ter, então comecei a querer contribuir. E contribuir não é só caridade. Contribuir é querer se envolver, é querer ajudar, é querer se movimentar pra entregar algo, dar o seu tempo. Pode ser no trabalho, na vida afetiva, com a família, com os amigos. É usar o que você tem pra agregar aos demais.

Esse ponto foi uma virada pra mim e o pesar se foi, a falta de energia se foi. Meu foco não era mais o a falta de resultado, e sim meu propósito, minhas metas, as coisas boas que eu queria na minha vida. Tudo isso estava no centro do holofote.

Foi então que eu ouvi a seguinte frase – você vive o que você pensa!

Claro! Como eu pude ser tão cego? Eu levei 365 dias pra me tocar que eu não estava usando uma coisa muito simples e muito funcional – e o que mais me doeu, uma coisa que eu ensino! – Eu não estava usando a força do meu pensamento.

A nossa mente é capaz de criar muitas coisas, é por isso que chegamos onde chegamos. Mas, o que muitos não veem é que a nossa mente cria a nossa realidade dia após dia. Se o meu dia foi horrível é porque eu coloquei o foco nas coisas ruins, se eu não estou realizando o que quero é porque não comecei com o básico, que é imaginar o que quero, criando o cenário, gerando um projeto mental. Há diversos estudos e livros que mostram o quanto a nossa mente pode criar e quanto o nosso pensamento transforma, mas não vou me estender nesse assunto, no próximo texto escrevo mais sobre isso.

Ao tirar o foco dos problemas e olhar para onde quero chegar, me conectando com meus objetivos, criando um projeto mental positivo eu retomei a leveza da minha rotina, o amor pelo que faço e a vontade de compartilhar meu tempo e meu conhecimento. Me sinto mais disposto e mais forte pra enfrentar os obstáculos para, então, chegar no resultado. Ele deve ser o fim, não o meio.

Veja, todos nós queremos resultado, seja no que for. Mas esse não deve ser o nosso motor. O “porque” é muito mais importante que “o que”. Todos queremos sucesso, prosperidade, desenvolvimento. Mas o que te move a chegar lá? Por que você está fazendo isso? Essa é a pergunta certa. Essa é a pergunta que te joga pra cima, que faz você se levantar quando você cair. E sim, você vai cair durante o processo. Só espero que, depois de ler esse texto, você não precise de um ano inteiro pra se levantar.



Siga-nos

DeROSE Method Alphaville
Desenvolva o foco e a clareza mental, aumente sua vitalidade e gerencie seu nível de stress.

Instagram



Sobre

O DeROSE Method é uma proposta de reeducação comportamental, que desenvolve a alta performance e melhora a qualidade de vida.

Nosso método desenvolve sua habilidade de silenciar a sua mente, e melhorar a clareza mental. Por outro lado, aumentará sua vitalidade e nível de energia, desenvolvendo um corpo saudável que contribuirá para uma mente também saudável.